Grupo de jazz Pó de Café se une à orquestra USP Filarmônica em álbum que historia ciclo cafeeiro paulista

  • 12/11/2023
(Foto: Reprodução)
Grupo de jazz Pó de Café lança o álbum 'Suíte do café' com oito movimentos tocados com a orquestra USP Filarmônica Thiago Monteiro / Divulgação ♪ Suíte do café. O título do quinto álbum do grupo paulista Pó de Café dá a pista certa para o entendimento do disco gravado pelo sexteto com a USP Filarmônica – orquestra de Ribeirão Preto (SP) – e lançado na sexta-feira, 10 de novembro. Regidos por José Gustavo Julião Camargo, os 35 músicos da filarmônica paulista se unem ao sexteto de jazz afro-brasileiro para apresentar no disco os oito movimentos que compõem a Suíte do café que dá nome ao álbum. Os temas da suíte foram compostos pelo baixista Bruno Barbosa, pelo pianista Murilo Barbosa e pelo trompetista Rubinho Antunes, também autor dos arranjos. A obra versa sobre o ciclo cafeeiro que movimentou e geriu a economia de Ribeirão Preto (SP) da segunda metade do século XIX até os anos 1940. “Uma obra que fala sobre o café fala da própria história da cidade de Ribeirão Preto, com todos os benefícios e problemas, personagens, trabalhadores, líderes, cenários contrastantes e mazelas. A obra traz mosaico de pontos de vista, como uma música de múltiplas formas, interconexões e planos, como uma suíte”, ressalta o pianista Murilo Barbosa. As oito músicas da Suíte do café seguem o arco histórico do primeiro ciclo econômico do produto no Brasil. A Abertura é densa e misteriosa como os caminhos que trouxeram os primeiros migrantes encantados com a terra roxa da região no século XIX. O segundo e o terceiro movimentos, Entre Rios e Novo Oeste, fazem alusão à geografia do então novo pedaço de terra, reproduzindo nomes que designaram Ribeirão Preto por breve período. O quarto movimento, Mogiana, celebra a estrada de ferro que ligava as fazendas de café ao porto de Santos. O quinto movimento, Braçal, traduz o trabalho duro da mão de obra formada por ex-escravos e imigrantes. O sexto movimento, Café Bourbon, evoca o produto exportado para o mundo no ritmo de maxixe. Na sequência, o tema Geada remete ao desastre natural de 1918 que acentuou a crise econômica gerada pela Primeira Guerra Mundial com a derrubada das importações europeias de café. O oitavo e último movimento da suíte, 1929, alude ao crash da Bolsa de Valores de Nova York (EUA) que aprofundou a crise econômica e fez com que as lavouras de café fossem trocadas por outras culturas, pondo fim a um ciclo de riqueza. Capa do álbum 'Suíte do café', do grupo Pó de Café com a orquestra USP Filarmônica Divulgação

FONTE: https://g1.globo.com/pop-arte/musica/blog/mauro-ferreira/post/2023/11/12/grupo-de-jazz-po-de-cafe-se-une-a-orquestra-usp-filarmonica-em-album-que-historia-ciclo-cafeeiro-paulista.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Anunciantes